Total de visualizações de página

domingo, 18 de março de 2018

PAPERGIRLS


Por Agente DPC

Iae pessoal, tudo na paz?
Li esse quadrinho paper girls e gostei. É um quadrinho muito legal de ler. Ele é bem nostálgico, lembra um pouco os Goonies e também Stranger Things (PaperGirls veio antes de Stranger Things).

Escrita por Brian K. Vaughan

Desenhado por Cliff Chiang

Colorida por Matt Wilson

O quadrinho conta a historia de quatro garotas que tem em media 12 anos e são entregadoras de jornal. Na madrugada logo depois do dia das bruxas elas saem para fazer seu trabalho, mas começam a ver algumas pessoas estranhas agindo e falando de forma estranha.



 Logo no começo vemos a personagem Erin Tiang passando por uma situação esquisita que não vou falar o que é para não dar spoiler.


Depois desse episodio ela vai fazer seu trabalho e logo encontra alguns garotos que tentam se aproveitar dela mas ai aparecem outras três entregadoras de jornal, Mac, KJ e Tiffany que a ajudam. Erin começa a andar junto delas e a partir daí a historia começa a se desenrolar. 
Esse quadrinho é nostálgico porque lembra muito os exemplos que falei no começo e porque se passa nos anos 80. É aquela ideia de um grupo de crianças e adolescentes que vivem uma aventura, uma coisa que eles talvez nunca pensassem que viveriam. A diferença é que no quadrinho o grupo é composto só de meninas.
Outra coisa legal é a coloração das páginas. Não tem ali uma mistura de cores vivas. É uma coloração mais escura puxada pra um azulado e um roxo dando assim mais peso pra historia. Leiam porque é divertido, mas tenham paciência porque tem continuação e já fiquei sabendo que a editora Devir não é muito rápida para publicar sequências. E isso é ruim porque a historia acaba deixando um guancho enorme para a sequência. 






2 comentários:

  1. Típica história para o Vaughan. Estou meio desgostoso dos trabalhos deles, justamente por ter uma dinâmica muito parecida com seus outros trabalhos tornando os seus quadrinhos enfadonhos. Deve ser legal para quem nunca leu nada do Vaughan. Mas a proposta é interessante sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu esperava mais da história.mas contudo ainda é boa.

      Excluir